Como abrir uma escola de Francês? 7 excelentes dicas

como-abrir-escola-frances

Abrir uma escola de Francês pode ser uma ótima estratégia comercial, mas também pode representar um grande investimento, o qual após algum tempo não oferece resultados positivos. 

Portanto, para saber se esse é o momento ideal para abrir uma escola para oferecer um curso de Francês, são necessárias algumas ações e muito planejamento. 

Dessa forma, como esse é um mercado bastante competitivo, vamos dar algumas dicas para você abrir uma escola e oferecer curso de Francês em São Paulo, por exemplo. Confira! 

1. Analise o mercado 

A primeira e mais importante ação é analisar o mercado. Afinal, já existem algumas escolas. O que elas oferecem? O que o mercado exige, que essas escolas não oferecem adequadamente? 

Você enxerga algum nicho no mercado? 

Essas são questões importantes que você deve refletir para respondê-las. 

Portanto, planejamento é essencial. Outras ações importantes são pesquisar o mercado, para definir seu público-alvo. 

2. Faça um bom plano de negócios 

Um bom plano de negócios é essencial para manter qualquer empreendimento. 

Nele, você estabelece seus objetivos e as maneiras que pretende alcançá-los, de forma bastante detalhada.

Dessa forma, um bom plano de negócios engloba aspectos e objetivos financeiros, de investimento e marketing, por exemplo, conforme o mercado e suas condições atuais. 

3. Estabeleça o ponto 

Afinal, onde sua escola de Francês vai se localizar? Definir um ponto é essencial. Há bom fluxo de pessoas? O estacionamento é fácil? 

Portanto, analise o local no qual você pretende abrir sua escola de Francês. Há transporte público com facilidade? Quem chega de carro tem vaga para estacionar ou terá que ficar buscando uma vaga na rua? 

Há outros comércios perto que também atraem público? De fato, são questões bastante importantes. 

4. Informe-se sobre a parte legal 

Quais são as exigências legais para você abrir a escola? É necessário CNPJ, Inscrição Estadual, Inscrição Municipal, dentre vários outros aspectos. 

Caso você não tenha as informações, procure buscar informar-se sobre o assunto. Afinal, nada pior que mal abrir o negócio e já ter multas para pagar. 

5. Contrate professores qualificados 

Quando você decide abrir uma escola, terá que trabalhar com profissionais qualificados. Aliás, são esses profissionais que transmitirão o conhecimento para seus futuros alunos. 

Portanto, faça um processo seletivo e analise os interessados em trabalhar na sua escola. Outra opção é exigir testes de proficiência de idiomas. Dessa forma, você tem uma avaliação externa sobre o real conhecimento desses profissionais. 

6. A importância do marketing 

Atualmente, nenhum negócio se mantém sem marketing. O marketing é, de fato, parte integrante de qualquer negócio e você deve dar grande importância a ele. 

Como será o processo de captação de novos alunos? E a divulgação de promoções? A sua escola terá um site? Quem fará a produção de conteúdo para esse site? E as redes sociais da escola? 

Tudo isso são aspectos importantes do marketing que, atualmente, podem representar a diferença entre mais alunos ou um negócio fechado. 

7. Foque na qualidade 

É essencial que toda a equipe da sua escola seja bastante treinada e focada na qualidade do atendimento ao cliente. 

Ou seja, não hesite em dar treinamentos e cobrar seus colaboradores, para que seus clientes se sintam confortáveis, ouvidos e bem atendidos no seu negócio. 

De fato, a qualidade do ensino também deve ser prioridade. Ofereça diferenciais a seus alunos, como exibição de filmes em Francês, documentários sobre a França, para quem além do idioma, seus alunos ganhem uma imersão na cultura francesa. 

Focando na qualidade, certamente você vai manter e aumentar o número de alunos da sua escola. 

Conclusão 

Para abrir uma escola de Francês, é necessário muito planejamento e foco na qualidade. Analisando corretamente as variáveis, as chances de sucesso do seu negócio aumentam consideravelmente!